ICC SERRA - Banco do Povo

MEI: COMO FAZER EMPRÉSTIMO

Para você que é MEI e precisa alavancar seu negócio

ICC SERRA ICC SERRA Blog1639 views

MEI: COMO FAZER EMPRÉSTIMO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

O Microempreendedor Individual (MEI)

É uma categoria regulamentada para definir quem trabalha por conta própria. Sua facilidade está na falta de burocracia, pois o interessado pode abrir sua empresa apenas com um cadastro no Portal do Empreendedor, ou pode solicitar auxilio para os consultores do ICC SERRA – Banco do Povo que irão te ajudar neste processo de formalização.Além dessa praticidade, algumas linhas de créditos podem ser específicas.É o caso do empréstimo para MEI.

Contar com o auxílio de financiamentos no início da atividade, quando o orçamento é curto, é imprescindível para o empreendedor crescer, implementar melhorias e organizar as finanças.

Veja mais em "AS 7 PERGUNTAS MAIS COMUNS SOBRE CRÉDITO PARA EMPREENDEDOR INDIVIDUAL"

Essa categoria é bastante interessante, pois trata-se de uma forma de auxiliar o pequeno empresário a realizar melhorias no seu empreendimento tanto fisico como operacional. Pensando nisso, no post de hoje, trazemos tudo o que você precisa saber sobre o assunto! Vamos lá?

 

Microcrédito

Trata-se de um programa social do governo, cujo objetivo é atender pequenos empreendedores, formais ou não, que não têm como oferecer garantias a bancos, uma vez que o faturamento deles é de até R$ 120 mil por ano.

Nesse caso, mesmo que o dinheiro seja obtido rapidamente, não há tantas garantias, porque a liberação está condicionada a alguns requisitos essenciais. Por exemplo, em alguns casos, a concessão é assistida, ou seja, os agentes de crédito fazem a averiguação pessoalmente no empreendimento.

Apesar das facilidades, o empresário não pode ter restrição de crédito em órgãos como Cadastro Informativo e créditos não quitados do setor público federal (Cadin), Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Centralizadora dos Serviços dos Bancos S/A (SERASA). Mas não para por aí! Existem outras particularidades quando falamos de microcréditos:

  • Descarta a exigência de planos de negócio e registros complexos;
  • Atua em prol do crescimento de atividades econômicas existentes, independentemente se são pequenas demais;
  • Foca no mercado local;
  • Fornece empréstimos crescentes baseados em retornos bem-sucedidos;
  • Desenvolve interações entre os clientes (formação de grupos de conselho e assistência), a fim de que isso reduza os custos do programa;
  • Simplifica os processos de empréstimo.

Quem pode obter microcrédito?             

Empreendedores que exerçam atividades formais ou informais que atendam as seguintes condições:

O empréstimo para MEI facilita a vida de pequenos empresários e ainda dá aquele “empurrãozinho” nos negócios que carecem de ajuda financeira para começar ou desenvolver a atividade com mais segurança e tranquilidade. Apesar disso, algumas precauções devem ser adotadas, a fim de que o crescimento não seja impedido devido a falhas no planejamento financeiro.

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender melhor como funciona o empréstimo para MEI. Gostou do nosso texto? Então que tal compartilhá-lo nas redes sociais e auxiliar outros microempreendedores?

Baixe nossa Cartilha do Microempreendedor Individual e saiba mais.

Cartilha do Microempreendedor individual

 Nesta cartilha você irá encontrar:

  • Ajuda financeira para o seu negócio.
  • Ajuda para iniciar sua própria empresa ou fazer seu negócio crescer.
  • O que é o MEI?
  • Dúvidas Frequentes.
  • Como solicitar o empréstimo de Microcrédito.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

Deixe seu comentário aqui: